Máscaras africanas e suas vertentes

Pendente Folha Simétrica


A máscara é um símbolo de África que durante muito tempo foi visto pelos colonos como um objeto decorativo exótico e exuberante para exibir em suas casas e museus. Para os povos africanos o uso de máscaras tem um significado espiritual, sendo uma caraterística dos povos da África subsaariana, ou seja, dos povos ao sul do deserto do Saara. Um povo pode ter muitas máscaras diferentes que variam em estilo, tamanho, material utilizado, usos e significados. A máscara africana é um importante elemento de identidade cultural para cada etnia assegurando a riqueza e a complexidade do património cultural africano. O artista e criador das máscaras tem uma posição respeitada na sociedade tribal africana. O seu trabalho é fornecer as várias máscaras e esculturas para uso em cerimónias rituais. Este é mais valorizado pela sua espiritualidade do que pelas suas qualidades estéticas. Se não possuir uma dimensão espiritual, a sua arte nunca ganhará elevação necessária, não passando de mero artesanato. Cada máscara e estátua deve ser capaz de comunicar aquelas emoções elevadas que nascem de uma inspiração mística mais profunda. Este misticismos e diversidade de formas foi a inspiração para este colar. Uma peça com geometria de folha cravada com furos geométricos que se assemelham a uma máscara, formam o pendente singular que quando combinado com os diferentes colares origina uma peça mística.   

Referências

www.ensinarhistoriajoelza.com.br/mascaras-africanas-recortar-colorir/

https://arteref.com/arte/mascaras-africanas-entenda-a-arte-tribal-africana/

www.historyofmasks.net/mask-history/history-of-african-masks/

www.contemporary-african-art.com/african-masks.html

Imagens foram cedidas gratuitamente por pixabay