Tribos Surma e Mursi

Pendente Redondo furo superior 2

Na região leste de África entre Etiópia, Sudão e Quênia, o fotógrafo Hans Sylvester fotografou, durante seis anos, as tribos Surma e Mursi. Estas tribos utilizam elementos da natureza para a pintura corporal e como ornamentos corporais excêntricas, dando continuidade a uma arte ancestral. Estas tribos primitivas habitam o vale do rio do Omo, um local de importantes sítios arqueológicos, numa região vulcânica que fornece uma imensa paleta de pigmentos: ocre vermelho, caulim branco, verde cobre, amarelo luminoso ou cinzento. Toda uma riqueza de cores que é extraída de pedras em pó, barro, frutos e plantas. Longe da chamada civilização moderna e dos grandes centros urbanos, estas tribos revelam uma singular criatividade na utilização de formas, texturas e cores, causando um grande impacto visual. A obra fotográfica de Hans Sylvester foi exibida em inúmeras galerias de arte por todo mundo. Suas fotografias já foram objeto de quase 50 livros sendo que um destes é "Natural Fashion: Tribal Decoration from Africa" publicado em 2009. Esta beleza captada pelas fotos de Hans Sylvester foi a inspiração para esta peça circular padronizada com furos circulares criando um padrão semelhante as pinturas faciais. 

Imagens Auxiliares provêm de: Ethiopia: Peoples of the Omo Valley, Hans Silvester